domingo, janeiro 20, 2008

Expiação

Título Original:
"Atonement" (2007)

Realização:
Joe Wright

Argumento:
Christopher Hampton, baseado no romance de Ian McEwan

Actores:
Keira Knightley - Cecilia Tallis
James McAvoy - Robbie Turner
Saoirse Ronan - Briony (13 anos)
Romola Garai Briony (18 anos)


No calor de um dia de Verão, o mais quente do ano de 1935, a jovem de 13 anos Briony Tallis, uma aspirante a escritora, termina a sua primeira peça de teatro. Através da janela, observa a irmã mais velha a sair da fonte do jardim em trajes íntimos na frente de Robbie, o jardineiro daquela casa de campo. Entre os dois parece haver uma tensão que Briony, que secretamente gosta de Robbie, vê como algo duvidoso, obsceno e imoral. Durante o jantar um crime ocorre no seio da família. Briony testemunha o ocorrido e acusa Robbie, mesmo estando certa da sua inocência.

Este acontecimento altera dramaticamente a história de amor que naquele mesmo dia Cecília e Robbie tinham assumido. Robbie é preso e, quatro anos mais tarde, combate na 2ª guerra mundial. Cecília procura-o e consegue um breve encontro em Londres. Já crescida, Briony torna-se enfermeira, sempre atormentada por um sentimento de culpa e terríveis remorsos devido à sua grande mentira. Procurando fazer algo de útil na sua vida, a jovem anseia por um meio de expiar (reparar) o seu pecado. Será isso possível? Será que um dia Cecília e Robbie recuperarão o tempo perdido em que não viveram o seu amor por culpa dela?

Sinceramente não sou grande fã de histórias de amor, mas fiquei agradavelmente surpreendida com “Expiação”, comovente e sem as lamechices dos filmes do género. Tratando-se de uma adaptação de um livro de Ian McEwan, Christopher Hampton conseguiu construir um argumento sólido e coerente, permitindo a ao realizador Joe Wright filmar com a mesma ou ainda maior mestria do que em “Orgulho e Preconceito”. A narrativa do filme segue ao sabor dos pensamentos e recordações das personagens, recuando e avançado o ritmo do que nos é dado a ver.

O filme tem muito a ganhar com a escolha do elenco. Keira Knightley mostra mais uma vez que é uma das melhores jovens actrizes da actualidade, consegue vestir bem a pele da sua personagem Cecília, algo rebelde e sensual. A seu lado tem o convincente James McAvoy, com uma interpretação que tão cedo não será esquecida. Este par romântico mostrou química suficiente para nos fazer acreditar que era real a angústia que sentiam por estarem separados.Quem também merece destaque é Saoirse Ronan, que dá vida a Briony aos 13 anos, uma surpresa do filme. Tanto em adolescente, como mais velha, Briony é uma personagem bem conseguida que nos transmite o peso do seu pecado.

Seamus McGarvey, director de fotografia, também merece referência, pois conseguiu transformar “Expiação” num filme cheio de sol e da cor verde da natureza que rodeia a casa de campo dos Tallis, em contraste com a penumbra de uma praia onde Robbie chega e se mistura na multidão de soldados.

Sem dúvida um dos filmes a ficar na memória deste ano de 2008 que ainda vai no seu início. Venham mais filmes bons, por favor.

® Isabel Fernandes

1 Comments:

At 8:59 da tarde, Blogger halloween 77 said...

Para mim, o melhor filme que vi desde há muito tempo... 10 estrelinhas ;)

 

Enviar um comentário

<< Home