sexta-feira, setembro 23, 2005

Bad Boys

Título Original:
"Bad Boys" (1995)

Realização:
Michael Bay

Argumento:
George Gallo, Michael Barrie & Doug Richardson

Actores:
Martin Lawrence - Det. Marcus Burnett
Will Smith - Det. Mike Lawrey
Téa Leoni - Julie Mott



Esta semana estava um pouco indeciso quanto ao filme a comentar. Já à algum tempo que existia uma vontade incontrolável de comentar uma obra específica... uma obra muito especial para mim e, após alguma meditação sobre o assunto, acabei por me decidir! Bad Boys, bad boys, whatcha you gonna do, whatcha you gonna do when they come for you...


Michael Bay, um realizador de sucesso no mundo dos videoclips, já levava uma longa carreira neste mundo quando lhe aterrou em cima o argumento de Bad Boys. Já com alguns anos em cima um gigantesco processo de reescrita teve lugar e, eventualmente, o orçamento (muito curto diga-se de passagem)foi aceite pela Sony. Bay sabia perfeitamente que, para o projecto resultar, os papéis principais teriam de ser muito cuidadosamente ocupados. Dois actores emergentes, embora sem grandes ligações ao género de acção, foram seleccionados, Martin Lawrence e Will Smith. Como se viria a descobrir, este acto de gestão, acabou por fazer do filme um dos maiores sucessos do ano!


Após um arrojado e bem sucedido assalto a uma esquadra de polícia de Miami, os detectives Marcus Burnett (Lawrence) e Mike Lowrey (Smith) são encarregues de descobrir a droga roubada. Quando uma testemunha ocular de um homicídio liga à polícia explicando o que ocorreu os dois protagonistas irão ver-se envolvidos numa explosiva e vertiginosa corrida contra o tempo!


A história soa a cliché e, na realidade, é isso mesmo que o filme oferece, uma história simples e previsível, as cenas de acção do costume que encontrámos vezes sem conta dentro do género e... dois actores fantásticos que conseguem, na minha opinião, superar a famosa dupla Gibson/Glover. E é disto mesmo que Bad Boys vive, da fabulosa dupla que encontrámos. Martin Lawrence e Will Smith conseguem fazer rir, vibrar e emocionar como poucos duos no cinema graças à sua imensa disponibilidade física e, acima de tudo, da sua incrível química que resulta muito, mas muito bem. Michael Bay acaba por, no seu primeiro filme, atingir uma obra que roça a perfeição dentro do género. Muito honestamente, talvez a primeira e última vez...


Assim, Bad Boys, apresenta-se como uma comédia de acção muito bem feita e... pouco mais. Não escondo que a elevada pontuação que dou tem muito a haver com o imenso carinho que nutro pelo filme, talvez pela altura da minha vida em que surgiu. Assim, apesar de aconselhar vivamente a obra, não nego que, os que esperam algo mais desta para além de um BOM filme de acção, vão sair desiludidos. Para esses (se calhar a maioria), muito provavelmente, talvez 6/7 estrelas fosse uma nota mais justa.


Bons filmes e até para a semana.


® Bruno Sá

3 Comments:

At 5:13 da tarde, Blogger brain-mixer said...

Esse é bem jeitoso, para o curto orçamento que obteve. Mas prefiro o Bad Boys 2, apesar das péssimas críticas que recebe de praticamente toda a gente. Aquele estilo explosivo-apocalíptico e violência hiperbólica.... Bem, nem todos são capazes!

 
At 1:17 da tarde, Blogger David Santos said...

Prefiro a serie Arma Mortifera.

Bad Boys foi uma surpresa na altura que apareceu pelos actores ainda em inicio de carreira cinematografica e um realizador ainda a dar tb os seus primeiros passos.

Bad Boys2, na minha opinião, foi mais do mm e um cadito pior

 
At 10:11 da tarde, Anonymous Pablito said...

Se fosse uma pessoa fria e antipática, diria que quem escreve uma frase destas " Martin Lawrence e Will Smith conseguem fazer rir, vibrar e emocionar como poucos duos no cinema ...." perde toda a credibilidade na sua crítica a outros filmes. Mas isso é algo que nunca direi pois não me compete avaliar a subjectividade de cada um. Bad Boys é um filme vulgar, mais um entre tantos outros...

 

Enviar um comentário

<< Home