domingo, maio 01, 2005

Realizador da Semana: Sergio Leone

Aquele que deixou marca italiana indelével no cinema americano, nasceu virtualmente no cinema, sendo filho de Vincenzo Leone, um dos realizadores pioneiros italianos e Bice Waleran, estrela do cinema italiano silencioso. Antes da glória, começou por aprender com “Hollywood directors” tais como William Wyler e Robert Wise que tinham trabalhado em Itália nos 50’s.

Algumas das suas primeiras obras, tais como O Colosso de Rhodes, não deram muito nas vistas, mas quando resolveu criar a corrente Western Spaghetti, deu-se uma revolução e renascimento do género mais americano de todos.
A trilogia emblemática do pistoleiro solitário (Clint Eastwood) começou com Por um Punhado de Dólares, seguida de Por mais Alguns Dólares e finalizada com O Bom, o Mau e o Vilão.
Ainda nas cowboyadas famosíssimas dirigiu Era uma vez no Oeste. A dupla atribuída com Clint tem tanta ou menos razão que a com Ennio Morricone, que eleva os seus filmes sonoramente à transcendência, curiosamente seu classmate em criança.

Há quem ache também que o realizador esteve ainda melhor fora do Western, porque quem prefere algo como Era uma vez na América não é maluco. Mas o que é bem mais verdade é que sem aquele que recusou fazer O Padrinho, e que ambicionava dirigir o remake de E Tudo o Vento Levou, o Western nunca mais foi o mesmo.

® Artur Almeida

2 Comments:

At 1:15 da manhã, Blogger Álvaro Martins said...

Grande mestre do cinema, não só por ter inventado o western spaghetti, mas também pelos seus famosíssimos closes ups dos olhos das personagens, como nunca outro realizador filmou, os planos dos cavalos vistos de trás,etc. Para mim o seu melhor filme é Once Upon a Time in America, mas é claro que a trilogia dos dólares e o Once Upon a Time in the West são outros grandes filmes. Não podia deixar de referir que Leone teve a seu lado em todos os seus filmes aquele que para mim é o melhor compositor de bandas sonoras, Ennio Morricone.

 
At 4:01 da manhã, Anonymous André Lun said...

"O Colosso de Rodes" não conta, foi feito somente para pagar seu casamento. Leone tem, então, apenas 6 filmes, cinco deles clássicos de pleno direito e um deles ("Quando Explode a Vingança") clássico por ser um Leone (ainda que também tenha suas qualidades). Álvaro resumiu bem. Os dois "Era uma Vez" e "Três Homens em conflito" ("The Good, The Bad and The Ugly") estão entre os maiores filmes de todos os tempos.

 

Enviar um comentário

<< Home