terça-feira, fevereiro 14, 2006

Batman & Robin

Título Original:
"Batman & Robin" (1997)

Realização:
Joel Schumacher

Argumento:
Bob Kane & Akiva Goldsman

Actores:
Arnold Schwarzenegger - Mr. Freeze/Dr. Victor Fries
George Clooney - Batman/Bruce Wayne
Uma Thurman - Poison Ivy/Dr. Pamela Isley


Dr. Victor Fries é um ex-Nobel da ciência que procura salvar a esposa de uma doença incurável. Durante uma experiência, o cientista congela a amada e acaba por se transformar em Mr. Freeze, um lunático que vive abaixo de -45º g e que deseja fazer o mesmo com Gothan City. Por seu lado, Dr. Pamela Isley é uma bióloga apaixonada por plantas que sonha um dia viver num mundo dominado por esses seres. Porém, vitimada pelo destino, a jovem enlouquece e torna-se na perigosa Poison Ivy, uma sedutora com truques e feitiços botânicos, pronta a tornar toda a cidade numa enorme floresta verde. Formando uma aliança maligna, os dois vilões tentam concretizar os seus planos, enquanto Batman, Robin e Batgirl fazem de tudo para evitar que isso aconteça.

Apesar do filme ter um argumento lógico e cativante no seu screen script, o resultado final não foi capaz de fazer justiça a isso, gerando uma película chata e enfadonha para os apreciadores do homem-morcego. Tal como já tinha acontecido em Batman Para Sempre, Joel Schumacher voltou a alterar o espírito original do super-herói e da sua cidade, transformando tudo e todos num imenso mar de cores berrantes e psicadélicas, com especial destaque para os cenários e uniformes fetichistas dos heróis e vilões do filme.

A juntar a esse mau gosto está ainda o excesso de piadas, discussões absurdas e batalhas disparatadas que existem em Batman & Robin. Toda a fantasia que há em torno da história chega a ser ridícula em comparação com os outros filmes do cavaleiro das trevas, o que infelizmente acaba por aproximar a obra mais da categoria teen do que da de acção.

No que diz respeito ao elenco, George Clooney, no papel do protagonista, destaca-se mais enquanto Bruce Wayne do que como Batman, ainda que numa prestação inferior aos desempenhos de Michael Keaton e Val Kilmer. Por seu lado, o repetido Robin de Chris O’Donnel e a dispensável Batgirl de Alicia Silverstone formam uma dupla bonita que não consegue ir além disso.
Assim, os grandes desempenhos do filme vêem do lado do mal, com Arnold Schwarzenegger e Uma Thurman a desempenharem perfeitamente Mr. Freeze, que transparece a sua dor e tibiez de um modo ímpar, e Poison Ivy, que hipnotiza com o seu olhar penetrante e desejo de vingança.

Um dos grandes pontos negativos do filme é, precisamente, o excesso de personagens e a falta de desenvolvimento/importância que alguns deles têm. Além do elenco principal composto pelos 5 actores, a película conta ainda com a presença da nova namorada de Bruce Wayne (Elle Macpherson), do mordomo Alfred (Michael Gough), do comissário Gordon (Pat Hingle), e de dois inimigos clássicos de Batman que, infelizmente, são gastos em papéis secundários e quase insignificante: Florônico (John Glover) e Bane (Jeep Swenson).

Batman & Robin foi a quarta e última grande adaptação cinematográfica do homem-morcego antes do seu regresso em 2005. No geral, é um filme fraco e mal conseguido se se comparar com o que veio antes e depois dele. De consumo rápido, o filme é tido como um dos piores de todo o franchise de Batman, tanto por parte dos fans como dos críticos de cinema. Contudo, é recomendável, mesmo assim, para os amantes do género.

® Fábio Guerreiro

7 Comments:

At 6:42 da tarde, Anonymous S0LO said...

Quando vi este filme, também o achei chato e enfadonho :|.

Abraço

 
At 2:13 da tarde, Blogger gonn1000 said...

É mauzito e o pior dos cinco.

 
At 7:48 da tarde, Blogger membio said...

deixem-me dizer que.... BLLLAAARRGHH!!!-... oh! desculpem!

 
At 7:56 da tarde, Blogger Knoxville said...

Nem essas estrelas merece. Um autentico ZERO.

Cumprimentos.

 
At 12:50 da tarde, Blogger David Santos said...

1/5

O pior filme da seroe Batman.
é tudo mto mau

 
At 8:52 da tarde, Anonymous Artur Almeida said...

É com enorme naturalidade que estou com todos vós. Pudera, até o próprio Clooney já se manifestou várias vezes "do nosso lado" e fá-lo também com inegável naturalidade. Foi simplesmente uma vergonha. É mau demais ao ponto do efeito entretenimento ser chato e enfadonho, é supra-convencional e as interpretações são risíveis. É um filme que fica para a História... como um desperdício ultra-clamoroso de recursos humanos e materiais.

 
At 4:11 da manhã, Anonymous Batmaniaco said...

O filme é ruim, mas pelo menos vale a pena comprar o dvd. que é o que eu mais gostei, mesmo assim não recomendo ver

 

Enviar um comentário

<< Home