quarta-feira, dezembro 07, 2005

O Candidato da Verdade

Título Original:
"The Manchurian Candidate" (2004)

Realização:
Jonathan Demme

Argumento:
Richard Condon, George Axelrod, Daniel Pyne & Dean Georgaris

Actores:
Denzel Washington - Ben Marco
Meryl Streep - Eleanor Shaw
Raymond Shaw - Liev Schreiber


John Frankenheimer criou, em 1962, O Enviado da Manchúria, centrado nos ambientes tensos de plena Guerra Fria e protagonizado por Frank Sinatra. Em 2004, Jonathan Demme adapta alguns dos pressupostos dessa obra ao contexto político dos dias de hoje e proporciona um dos thrillers mais fortes do ano, O Candidato da Verdade, entregando o papel principal a Denzel Washington.

Num período em que alguns filmes mediáticos abordam, de forma mais ou menos directa, as dúbias atmosferas político-económicas contemporâneas - como Spartan - O Rapto, de David Mamet, ou mesmo Supremacia de Paul Greengrass - Jonathan Demme volta a incidir nesta temática e constrói uma película repleta de intensidade e inquietação.

Atormentado por ambíguas memórias das suas experiências na Guerra do Golfo, o Major Bennett Marco (Denzel Washington) crê que a aclamação pública do seu ex-colega de pelotão Raymond Shaw (Liev Schreiber) é baseada em factos não muito concretos e esclarecedores, o que o encoraja a encontrar algumas pistas que lhe permitam solucionar de vez a sua suspeita crescente. Esta busca irá despoletar um claustrofóbico e arriscado percurso por domínios de corrupção e mentira. A obscura e densa teia de revelações envolve memórias manipuladas, mortes misteriosas e inimigos intocáveis, gerando sequências trepidantes e episódios assombrosos.

Jonathan Demme volta a focar questões pertinentes, polémicas e actuais - como já tinha feito nos emblemáticos O Silêncio dos Inocentes ou Filadélfia - e retrata as delicadas interligações entre territórios políticos e económicos num ambiente de contínua globalização, tornando difícil a descoberta de uma ameaça isolada. Conseguindo gerar um ritmo envolvente e acelerado, o cineasta oferece um thriller que, mesmo com momentos de alguma previsibilidade (e inverosimilhança), está acima dos estereotipados e inócuos exemplos que marcam grande parte do género actualmente.

Para além da astuta realização e de um sólido argumento, O Candidato da Verdade destaca-se pelas boas interpretações do elenco. Denzel Washington apresenta a eficácia habitual (embora a sua personagem não se desvie muito dos papéis que o popularizaram), Liev Schreiber surpreende pela bem conseguida carga de frieza e sobriedade e Meryl Streep brilha num dos desempenhos mais arrepiantes - no bom sentido - e complexos do ano, confirmando a sua enorme versatilidade e talento.

Tenso e poderoso, O Candidato da Verdade proporciona um demolidor olhar sobre as democracias ocidentais contemporâneas - particularmente a americana - e salienta-se como um dos títulos cinematográficos nucleares da recta final de 2004, congregando um eficaz equilíbrio de suspense, acção e drama em atmosferas de conspiração.

® Gonçalo Sá

5 Comments:

At 12:56 da manhã, Blogger membio said...

é um bom título que entretem o suficiente, tb com Denzel Washington, o homem valoriza sempre os filmes com as suas actuações....

 
At 2:28 da tarde, Blogger gonn1000 said...

Por acaso que o Denzel teve a interpretação mais fraca dos 3 principais, mas não esteve mal.

 
At 11:21 da manhã, Blogger Paulo said...

Eu sou dos que não foi muito à bola com o filme. Gostei das interpretações e de alguns momentos típicamente Jonathan Demme, mas sinceramente, o filme no geral não resultou mesmo nada comigo e ficou aquela sensação de que o argumento só se torna intrigante por ser uma tremenda salgalhada :-P

 
At 3:16 da tarde, Blogger gonn1000 said...

Sim, o filme não é perfeito, mas dentro do género não vi nada tão consistente nos últimos tempos.

 
At 4:39 da tarde, Blogger Andrea Pérez Ulloa said...

O que é tão interessante enredo deste filme me lembra da nova série da HBO: O Hipnotizador dirigido por Alex Gabassi , gostei bastante do show e eles recomendam muito, muito divertido.

 

Enviar um comentário

<< Home