domingo, abril 02, 2006

Casanova

Título Original:
"Casanova" (2005)

Realização:
Lasse Hallström

Argumento:
Jeffrey Hatcher,Kimberly Simi & Michael Cristofer

Actores:
Heath Ledger - Casanova
Sienna Miller - Francesca Bruni
Jeremy Irons - Bispo Pucci
Oliver Platt - Paprizzio


Giovanni Giacomo Casanova (1725 – 1798) existiu realmente e a sua famosa capacidade de sedução e de conquista tornou-o numa espécie de lenda viva. Desejado pelas mulheres e invejado (e temido até) pelos homens, este aventureiro veneziano viveu mil e uma aventuras amorosas desde as mulheres mais castas às mais fogosas, solteiras, casadas ou viúvas, não lhe faziam diferença. Assim, Giacomo Casanova tornou-se o protótipo do conquistador galante e hoje por vezes chama-se “Casanova” a um homem que tenha reputação de “coleccionador” de mulheres. Apesar da má fama que tantas vezes o meteu em sarilhos, Giacomo Casanova é também recordado pelos vários géneros literários pelos quais tentou enveredar como escritor. A sua obra mais famosa foi Histoire de ma vie, doze volumes onde deixou registadas as suas memórias.


Quando Casanova consuma a conquista de uma aparentemente casta freira, tem de fugir da inquisição que o quer prender devido a centenas de queixas, certamente dos familiares das suas “vítimas”. Durante essa fuga atribulada vai parar a uma universidade e o seu olhar prende-se a Francesca Bruni, que dava a conhecer a sua verdadeira identidade, após ter-se mais uma vez disfarçado de homem para expor as suas opiniões num estabelecimento de ensino preconceituoso que se recusava a deixar estudar mulheres. A inteligência de Casanova permitia-lhe envolver-se em acontecimentos engenhosos para atrair as suas conquistas, mas pela primeira vez na vida é recusado por alguém, e a destemida Francesca é esse alguém. Auxiliado pelo seu fiel criado Lupo, Casanova engendra os esquemas mais diversos para chegar até àquela poderá ser a única mulher que verdadeiramente mais amará, ao mesmo tempo em que a sua vida corre perigo com a chegada da Inquisição na figura do Bispo Pucci.


O filme de Lasse Hallström não é o primeiro que retrata a vida do mais famoso de todos os sedutores, anteriormente já alguns filmes tinham sido feitos, tendo um deles sido realizado por Fellini em 1976. No Casanova de Hallström, o sedutor veneziano é representado pelo jovem actor “quase oscarizado” Heath Ledger e na minha modesta opinião não se safou nada mal, ainda mais contracenando com o bom elenco com o qual contracenou. Juntos conseguiram imprimir bastante humor em algumas partes, misturando comédia, romance e aventura. O filme não nos mostra algo que ainda não tenhamos visto, mas compensa com algum entretenimento, embelezado pelos cenários deslumbrantes da Veneza do século XVIII: os canais, as ruas cheias de gente, as modas da época e o famoso Carnaval, cuja tradição ainda hoje se cumpre.
Uma nota final: para variar só agora este filme chega até nós, já depois de ter estreado nos E.U.A. daí a data colocada na ficha técnica.


® Isabel Fernandes

6 Comments:

At 11:13 da manhã, Blogger gonn1000 said...

"Uma nota final: para variar só agora este filme chega até nós, já depois de ter estreado nos E.U.A. daí a data colocada na ficha técnica."

Como assim? Deste-lhe menos estrelas por ter chegado com atraso?

 
At 10:02 da tarde, Blogger cine7 said...

Não. O atraso do filme não tem nada a ver com o número de estrelas que lhe atribui. Seria injusto da minha parte. Ok?
Isabel

 
At 4:28 da manhã, Blogger Sofia Miranda said...

Casanova é para já o pior filme deste ano. Sem qualquer consistência narrativa ou filmica, com erros flagrantes e completamente deprimentes, a história do sedutor mais famoso de todos os tempos é honrada com Fellini e morta nos braços de Hallström. Entretenimento a tão baixo nível, não obrigado!
Cumprimentos Cinéfilos.

Sofia Miranda
www.matine.blogspot.com

P.S.: Cara Isabel gostava de te deixar os meus parabéns pelo teu blog e dizer que o vou acrescentar à nossa lista de Blogs de Referência.

 
At 10:52 da manhã, Blogger cine7 said...

Cara Sofia, obrigada pelo teu comentário. Gostaria só de sublinhar que este blogue não é meu, o mentor do blogue é o Fábio Guerreiro e se o blogue é bom é graças a uma esforçada equipa de críticos ou comentadores e de colaboradores apaixonados pela sétima arte.
Cumprimentos, Isabel

 
At 7:37 da tarde, Blogger Sofia Miranda said...

Peço desculpa pelo meu erro :)... de qualquer forma já o tinha constatado visto que ultimamente o tenho visitado com alguma frequência :) Bons filmes!

Sofia Miranda
www.matine.blogspot.com

 
At 11:25 da tarde, Blogger (((Alexander))) (((yagami))) said...

ele era bom mas...
nada comparado a Don Juan De Marco

 

Enviar um comentário

<< Home