quinta-feira, janeiro 19, 2006

Na Sua Pele

Título Original:
"In Her Shoes" (2005)

Realização:
Curtis Hanson

Argumento:
Susannah Grant, baseado na obra de Jennifer Weiner

Actores:
Cameron Diaz - Maggie Feller
Anson Mount - Todd
Toni Collette - Rose Feller
Richard Burgi - Jim Danvers


Na Sua Pele é uma história simples e sóbria sobre duas irmãs tão diferentes quanto dependentes uma da outra baseado no best-seller de Jennifer Weiner. Toni Collette e Cameron Diaz encantam, de formas diferentes, neste filme sobre relações de amor/ódio, pessoais e transmissíveis.

As relações entre irmãos costumam ser problemáticas e intensas. Entre o amor e as picardias costuma restar sempre uma ligação afectuosa bem mais forte do que muitas vezes as acções parecem indiciar. É esse o ponto de partida do livro best-seller de Jennifer Weiner e é essa a base deste filme realizado pelo oscarizado Curtis Hanson (o rapper 8 Mile, o criativo Wonder Boys e o intenso L.A. Confidencial), que alterna entre a comédia e o drama.
Quem é Rose (Toni Collette)? Uma advogada bem sucedida, dedicada ao trabalho, metódica, responsável e viciada em comprar sapatos caros (não tanto de os usar). Quem é Maggie (Cameron Diaz)? Uma jovem a meio dos 20 anos, perigosamente atraente, mas irresponsável e desleixada – que gosta de usar sapatos provocantes.
Ambas são irmãs, que parecem em lados opostos na forma de ser e na vida, mas são próximas no plano afectivo, especialmente por terem sido educadas pelo pai (a mãe morreu quando eram muito novas). Enquanto Rose – pouco esbelta e menos deslumbrante – namora com um colega de trabalho e pensa em assentar, Maggie vive a vida intensamente, com muitas relações fortuitas e sempre a “cravar” dinheiro e sitio para morar para sobreviver.
A relação das duas muda quando Maggie se chateia com a madrasta e vai viver para o apartamento limpinho da irmã. Desarruma a casa por completo, usa os preciosos sapatos da irmã sem autorização e não se preocupa em procurar trabalho – tem muitas dificuldades de leitura. Os sapatos são uma espécie de fetiche de Rose que gosta de se mimar comprando-os, mas não usando-os. «Os vestidos fazem-me gorda, a comida engorda mais, os sapatos… servem sempre», diz a certa altura nesta história de pormenores muito humanos.

Um ultimato da irmã lança Maggie na tentativa de se emendar, mas acaba por cometer o maior erro que poderia cometer, destroçando Rose. Maggie, desiludida consigo própria, descobre a existência de uma avó materna na Flórida (interpretada pela carismática Shirley MacLaine) que pensava falecida e parte naquela que será uma visita de auto-descoberta. Por lá vive numa comunidade de reformados e irá colocar a sua vida em retrospectiva. Rose tem também em Philadelphia uma mudança de vida por opção. Entre amores, problemas e soluções familiares, e muito amor, as duas acabam por se voltar a juntar, com a ajuda da avó, e perceber que são inseparáveis, preocupando-se intensamente uma com a outra, apesar das diferenças.

Sendo esta uma história de relações entre irmãs, a viagem em que embarcamos extravasa esse domínio, dando-nos a conhecer os problemas, angústias e momentos felizes de duas mulheres actuais, bem diferentes e em posições muito distintas na vida. Boas interpretações, uma realização cuidada, sóbria e intensa oferecem ao espectador uma boa experiência.

® João Tomé

2 Comments:

At 9:41 da tarde, Anonymous S0LO said...

Um filme surpreendentemente bom :).

Abraço

 
At 6:37 da tarde, Blogger gonn1000 said...

Bela surpresa, de facto, concordo com o 7/10.

 

Enviar um comentário

<< Home