segunda-feira, dezembro 19, 2005

A Noiva Cadáver

Título Original:
"Corpse Bride" (2005)

Realização:
Tim Burton & Mike Johnson

Argumento:
John August, Pamela Pettler & Caroline Thompson

Actores:
Johnny Depp - Victor Van Dort
Helena Bonham Carter - Noiva Cadáver
Emily Watson - Victoria Everglot
Tracey Ullman - Nell Van Dort/Hildegarde


Numa época em que os grandes estúdios apostam na animação por computador em detrimento da animação tradicional (a própria Disney seguiu o mesmo caminho este ano com Chicken Little) é curioso ver que as melhores propostas de animação do ano são “O castelo andante” de Hayao Myiazaki (animação tradicional em 2D) e as pérolas em stop motion Wallce & Groomit e A Noiva Cadáver, este último da autoria de Tim Burton.

A história é muito simples: Um homem, após não conseguir dizer os seus votos no ensaio de casamento, vai para os bosques para praticar sobre o que irá dizer na cerimónia. Curiosamente consegue dizer os seus votos na perfeição e coloca o anel de noivado no que lhe parece uma espécie de ramo de árvore preso ao chão. Na realidade, trata-se da mão da noiva cadáver, que imediatamente reclama ser a sua noiva legitima…

Baseado nesta premissa, Tim Burton cria uma fantasia hilariante onde o mundo dos vivos e o mundo dos mortos se cruzam de uma forma quase surreal. O filme consegue prender o espectador do inicio ao fim passando os 76 minutos num ápice… Povoado de criaturas bizarras do mundo dos mortos, Tim Burton transforma a temática da morte e abandono num musical de animação sobre o poder do amor.

Quando vemos uma película de TIm Burton, sabemos que iremos esperar algo de especial e A Noiva Cadáver não é excepção. O mundo surreal existente na mente do realizador continua presente, contando com a preciosa colaboração da música de Danny Elfman e do seu colaborador habitual, Johnny Depp, que dá voz a Victor Van Dort, o noivo pretendido pela noiva cadáver. Aliás Johnny Depp é perfeito ao tornar Victor Van Dort num homem inseguro, sensível e frágil (um pouco reminiscente do personagem interpretado por ele mesmo em Sleepy Hollow – A Lenda do Cavaleiro da Cabeça Cortada). O restante elenco é igualmente uma mais valia para o filme contendo nomes como o grande Christopher Lee, Emily Watson ou Albert Finney (Big Fish), sendo a voz da noiva cadáver por Helena Bonham-Carter (esposa de Tim Burton).

A técnica de filmagem utilizada por Tim Burton é denominada por stop motion que utiliza modelos reais de diversos materiais, dentre os mais utilizados a massa de modelar. Os modelos são movimentados e fotografados imagem a imagem (frame a frame), sendo incluída posteriormente a música, as falas e os efeitos sonoros, daí A Noiva Cadáver ter demorado cerca de 8 anos a ser terminado. Esta técnica já tinha sido experimentada pelo realizador em O Estranho Mundo de Jack, um dos filmes pioneiros a utilizar esta técnica e com excelentes resultados.

E de facto, o tempo de espera valeu a pena. Tim Burton volta em grande ao género animação. O filme é talvez um dos melhores do ano suplantando sem sombra de dúvidas filmes em animação por computador como Madagáscar ou Valiant, aliás, bastante fracos dentro do género. Mas o que mais impressiona em “ A noiva cadáver”, para além de tudo o que foi dito, é a forma como os modelos reais são animados sem que em nenhuma altura do filme o espectador se aperceba que está a ser utilizada a técnica de stop motion. Está tudo tão bem interligado que funciona na perfeição. É, sem dúvida, uma das pérolas do ano a nível da animação. Obviamente, de Tim Burton, espera-se sempre algo grandioso…

® Sérgio Lopes

9 Comments:

At 5:05 da tarde, Blogger membio said...

estou bastante curioso em ver este, já que este ano esteve um pouco pobre em relação à animação!!! Excepto claro para os filmes, "O Castelo Andante" e "Wallace & Gromit".

 
At 6:16 da tarde, Anonymous S0LO said...

Estou ansioso pela estreia deste :)!

Abraço

 
At 7:16 da tarde, Blogger cine-asia said...

Ya. A nivel da animação por computador esteve um desastre. A noiva cadáver é recomendável. Cumprimentos...

 
At 7:46 da tarde, Anonymous Pablito said...

Também estou ansioso pela estreia, Tim Burton rules.

 
At 1:50 da tarde, Blogger not_alone said...

Confesso que gostei mais do The Nightmare Before Christhmas, mas ainda assim A Noiva Cadáver é um dos melhores filmes de animação que vi. Nada como Tim Burton para trazer um pouco de magia ao nosso Natal.

 
At 6:13 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Mas o filme já estreou? Não acho correcto aparecer uma critica a um filme ainda por estrear... é um claro sinal de pirataria lol mas quem sou eu....

andré

 
At 2:46 da tarde, Blogger wasted blues said...

Nem sempre, caro anónimo. Existem visionamentos de imprensa.

 
At 4:09 da tarde, Blogger cine-asia said...

Eu por acaso gostei bem mais de "A noiva cadaver" do que "O estranho mundo de Jack". Tem menos canções e uma história mais apelativa, pelo menos para um público adulto. Qt ao visionamento anterior à estreia, é uma forma de antecipar a crítica; apenas isso. O nosso blogger anónimo é anti-pirataria. Somos todos. LOL.

Cumprimentos,

Sérgio Lopes.

 
At 12:07 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Sou anti-pirataria no sentido que me recuso a ver um filme antes de estrear noutro formato que não cinema (não estou obviamente a falar de ante-estreias para a imprensa ou passagens em festivais, refiro-me a cópias tiradas da net ou vendidas por aí). E sou anti-pirataria no sentido que não obtenho filmes nesses moldes, apenas tenho originais. Se todos são, não sei. eu sou.

cumprimentos, André

 

Enviar um comentário

<< Home