quinta-feira, abril 27, 2006

Mrs. Henderson

Título Original:
"Mrs. Henderson Presents" (2005)

Realização:
Stephen Frears

Argumento:
David Rose, Kathy Rose & Martin Sherman

Actores:
Judi Dench - Laura Henderson
Bob Hoskins - Vivian Van Damm
Will Young - Bertie
Kelly Reilly - Maureen


Depois de filmes como Orgulho e Preconceito, O Libertino e o papel de Wendy que a celebrizou em A Residência Espanhola e As Bonecas Russas, Kelly Reilly está aí para as curvas, agora em Mrs Henderson, o novo filme de Stephen Frears - que esteve recentemente em Portugal. A protagonista é a única e nomeada para o Óscar de Melhor Actriz, Judie Dench. Sobre Reilly, parece impossível ficar-lhe indiferente.

O filme que marca o regresso ao cinema do realizador britânico Stephen Frears, fala-nos do mundo do espectáculo no período do começo da II Guerra Mundial, dos encantos da nudez no teatro e da alta sociedade londrina. Após o filme Estranhos de Passagem(2002), Frears volta ao cinema de época - depois de Mary Reilly (1996) - para retratar, aparentemente, os hobbies de uma viúva rica que compra um teatro para dar luz à sua vida aborrecida.

Esta Mrs. Henderson dá a Judie Dench uma bela interpretação, menos intensa e cativante que a que lhe valeu o Óscar por A Paixão de Shakespeare (1999), mas bem mais longa. Embora a amiga lhe sugira que compre diamantes para enfrentar o aborrecimento, ela compra o Teatro Windmill. Sem saber gerir um teatro, contrata Vivian van Damm (BobHoskins), um especialista, que fica chocado com a patroa extravagante, provocadora e excêntrica.

Um dos trunfos é mesmo a relação de amor-ódio entre este homem e mulher experientes na vida e na idade, determinados e parecidos. Depois do sucesso inicial graças às inovadoras sessões contínuas, tudo muda com a chegada da guerra e a falta de público. A partir daí Mrs. Henderson tem a ideia de colocar raparigas nuas no palco, algo chocante na época, só permitido devido a elas não se mexerem - uma negociação com o responsável pela tutela, cheia de perícia e argúcia da viúva bem relacionada -, e que se revela um sucesso junto dos soldados ingleses.

O espectáculo decorre normalmente com os actores a fazerem musicais relacionados com a guerra, ou apenas para alegrar os espectadores, mas existe sempre modo de incluir momentos com modelos nuas, em poses artísticas e inspiradas. A estrela destas modelos é a actriz alta e esbelta Kelly Reilly. Não só demonstra ser das actrizes mais bonitas nos ecrãs, como esforçada e muito agradável.
Entre os bombardeamentos e as ameaças de encerramento, vamos descobrir os verdadeiros motivos para A Mrs. Henderson se envolver com as raparigas modelos e nunca desistir do teatro.

® João Tomé

1 Comments:

At 8:17 da tarde, Blogger gonn1000 said...

Não esperaav muito, mas também gostei, é um bom entretenimento.

 

Publicar um comentário

<< Home