segunda-feira, novembro 07, 2005

Disponível Para Amar

Título Original:
"In The Mood For Love" (2000)

Realização:
Kar Wai Wong

Argumento:
Kar Wai Wong

Actores:
Tony Leung Chiu Wai - Chow Mo-wan
Maggie Cheung - Su Li-zhen Chan
Ping Lam Siu - Ah Ping


O realizador Wong Kar-Wai estabeleceu-se como um cineasta autor. Através da cor e da luminosidade constrói toda uma narrativa baseada nos simbolismos que daí advêm criando o seu próprio estilo. Cada cena é meticulosamente ensaiada e posteriormente filmada de forma a obter exactamente aquilo que visualmente pretende. É um daqueles cineastas perfeccionistas que assumem o cinema como forma de arte.

Disponível Para Amar trata do amor platónico entre dois seres, Su Lin (Maggie Cheung) e Chow (Tony Leung). São vizinhos, ambos foram traídos pelos respectivos cônjuges e ambos não se podem ter um ao outro... É esta a premissa de um dos melhores e mais originais romances da história do cinema, filmado com mestria pelo mestre da arte visual, Wong Kar-Wai.

Baseado nesta premissa, poderia ser apenas mais um filme romântico. No entanto, as interpretações, as situações vividas e os pequenos detalhes desenrolam a narrativa duma forma única e visualmente cativante. Wong Kar-Wai cria um mundo visual onde cada frame corresponde a uma fotografia de uma beleza rara. É um filme que vive sobretudo da insinuação em detrimento da concretização. Há um enorme amor entre Lin e Chow, fortíssimo mesmo, mas em última análise impossível de concretizar.

As performances dos dois actores são sublimes, sendo capazes de transmitir uma sensualidade e desejo quase cerebrais, fruto de uma relação platónica, baseada na sugestão. Apesar dos protagonistas falarem muito pouco em cada cena, conseguem transmitir ao espectador a crescente paixão e emoção entre eles, cada vez que aparecem juntos no ecrã.

A estética do filme é desenvolvida através do uso extremo da luz e cor, tendo, portanto, a música um papel preponderante, na criação do ambiente. Com poucos diálogos e uma montagem quase marginal, Wong Kar-Wai repete alguns temas musicais, em determinadas cenas, para enfatizar o estado emocional dos protagonistas e suportar a bela fotografia.

Realizado a partir de um argumento quase inexistente e privilegiando a improvisação, Disponível Para Amar é considerado por muitos como a obra-prima do realizador de Hong-Kong. Poderá, no entanto, ser um filme de difícil visualização, uma vez que é único na abordagem artística que faz ao género romance, tantas vezes destruído pelos clichés lamechas dos homónimos americanos do género. Para ser visto com disposição e atenção.

® Sérgio Lopes

4 Comments:

At 11:00 da manhã, Blogger Mafalda Azevedo said...

Bom dia!
Ora aqui está um dos melhores filmes de sempre! Tens toda a razão quando mencionas a arte visual deste realizador... (Só mais um detalhe: os numerosos vestidos que a protagonista usa!)
E que banda sonora... Obrigada por me teres feito recordar este filme.
Cumprimentos cinéfilos e até breve.

 
At 12:08 da tarde, Blogger cine-asia said...

Realmente Wonk Kar-Wai é único e este filme é fantástico. Também gostei muito do 2046. É sem dúvida um dos realizadores que voltou a pôr Hong-Kong de volta ao mainstream do cinema mundial...

 
At 12:13 da tarde, Blogger Daniel Pereira said...

Um grande filme. Mas este comentário é mais para perguntar quando é que aquela sondagem é substituída...

Cumprimentos

 
At 12:35 da tarde, Blogger Paula said...

Bendito filme!
Temos de estar sempre disponíveis para amar!

Abraço

 

Enviar um comentário

<< Home