sexta-feira, dezembro 23, 2005

Gremlins

Título Original:
"Gremlins" (1984)

Realização:
Joe Dante

Argumento:
Chris Columbus

Actores:
Zach Galligan - Billy Peltzer
Phoebe Cates - Kate Beringer
Hoyt Axton - Randall Peltzer



Numa época festiva como o Natal a mémoria, ou usando um termo do ponto de vista semântico mais adequado, a recordação é natural... como diria o spot publicitário, tão natural como a sua sede! Entre as imensas recordações, tenho quase a certeza absoluta que algumas das mais usuais entre os leitores e colaboradores do site encontram-se os filmes. O que mais... Para o vosso reviewer, a recordação cinematográfica mais marcante é, indiscutivelmente, o filme Gremlins. É o filme em VHS mais antigo que detenho remontando ao longínquo ano de 1989. Já lá vai assim tanto tempo? Bom, esquecendo as divagações e passando ao cerne da questão...


...Gremlins conta a história de Billy Peltzer (Billy Peltzer) e a sua luta contra uma “força” demoníaca que está prestes a aterrorizar uma pequena cidade. O pai de Billy, numa visita a uma antiga loja de antiguidades, adquire um estranho animal, um mogwai (Gizmo de seu nome), para oferecer no Natal ao filho Billy. Gizmo é bonito, muito querido mas existem três regras que não podem de maneira alguma ser quebradas: nunca deixar o mogwai entrar em contacto directo com a luz do Sol, nunca deixá-lo entrar em contacto com água e nunca, mas nunca, alimentá-lo depois da meia-noite. Quando as duas últimas regras são quebradas por acidente vários mogwais nascem que, ao contrário de Gizmo, pouco ou nada têm de queridos...


Apresentado como uma comédia de terror, Gremlins possui um estatuto que quase atinge o flme de culto. Pouco de mal se pode apontar de errado com o filme. O argumento e desempenho dos actores são sólidos e a realização é, como de costume com Joe Dante, muito eficaz. O grande segredo desta obra encontra-se indiscutivelmente nos protagonistas, os Gremlins, que são das criaturas mais fascinantes alguma vez criadas. Embora já tenham passados mais de 20 anos desde o seu lançamento, Gizmo mantém-se como um dos mais credíveis e fascinantes “embustes” do cinema (e o lexema embuste não tem nada de pejorativo neste caso). A sua contextualização no Natal dá um toque muito característico a este filme tornando-o assim no menos natalício dos filmes de Natal (ou pelos menos por lá anda).


Para concluir, Gremlins é assim uma obra obrigatória que nada tem de desactualizado apesar dos 21 anos que fez este ano. Um filme delicioso, especial e que com toda a certeza não defraudará aqueles que eventualmente ainda não o tenham visto. Aconselhado sem reservas!


Um feliz e santo Natal para todos e até para a semana. Como sempre, bons filmes...


® Bruno Sá

2 Comments:

At 10:50 da manhã, Anonymous S0LO said...

Um clássico :D!

Cumps. e Feliz Natal

 
At 3:27 da tarde, Blogger membio said...

é um excelente filme de familia, ideal para o natal... e é incrível como este filme já tem 21 anos! Quando o vi na altura fiquei bastante surpreendido.

 

Enviar um comentário

<< Home