terça-feira, julho 12, 2005

Tudo Sobre a Minha Mãe

Título Original:
"Todo Sobre Mi Madre" (1999)

Realização:
Pedro Almodóvar

Argumento:
Pedro Almodóvar

Actores:
Cecilia Roth – Manuela
Antonia San Juan – Agrado
Marisa Paredes – Huma Rojo
Penélope Cruz – Rosa



Galardoado com o Óscar, Globo de Ouro e César de Melhor Filme Estrangeiro no ano de 1999, Tudo Sobre a Minha Mãe é um tributo de Pedro Almodóvar às mulheres, sejam elas mães ou não. A personalidade, o amor e os dramas do mundo feminino estão todos presentes nesta obra. Tudo Sobre a Minha Mãe é um filme venusiano, e tudo o que é mulher desfila por ali.

Com inspirações nos clássicos A Malvada e Um Eléctrico Chamado Desejo, o filme conta a história de Manuela, uma mulher que perde o seu filho Esteban num atropelamento, no dia do aniversário deste. Triste e amargurada, Manuela parte para Barcelona em busca do pai que Esteban nunca conheceu, para lhe informar da morte do filho. E é nesta odisseia que ela acaba por cruzar-se com a prostituta Amparo, a freira Rosa e a actriz Huma, pessoas cujo destino ela acabará por influenciar, e que juntamente com a persona que o pai do seu filho se tornou, representam nua e cruamente o universo feminino actual, tanto na Espanha como no resto do mundo.

Tudo Sobre a Minha Mãe é um filme com uma forte carga emocional. O amor de mãe, a perda de um filho, a toxicodependência, a doença, a gravidez e a sexualidade humana são alguns dos temas abordados (uns mais do que outros), e demonstram perfeitamente o quanto forte e frágil é o mundo das mulheres, mostrado ali através dos olhos de uma mãe que tenta renascer da dor. Temas abordados por cada uma das personagens, e que rompem a muralha de insensibilidade que qualquer espectador possa ter quanto a estas questões.
A narrativa do filme segue o desejo de arrumar o passado para sempre, mesmo que isso signifique desenterrar fantasmas ainda vivos e re-conviver com eles e com outras novas figuras. É neste contexto que uma teia de relações se desenvolve entre a personagem Manuela e todas as restantes mulheres com quem ela se cruza em busca do pai do seu filho. Manuela tenta assim dar um rumo à sua vida, numa espécie de planificação do futuro via regresso ao passado, onde ela acaba por actuar como uma guia turística do universo feminino que Pedro Almodóvar quis mostrar nesta obra-prima.
Além disso, e mais do que um olhar sensível ao universo da mulher, Tudo Sobre a Minha Mãe é uma obra sobre a natureza das relações humanas. Sem heróis ou vilões, o filme hipnotiza o espectador, insere-o naquele drama e acaba por torna-lo testemunha da dor e renascimento de Manuela, da miserável vida de Amparo, do sucesso vazio de Huma, e do malogrado destino do pai de Esteban.

Contando apenas com protagonistas femininas, Tudo Sobre a Minha Mãe é um palco repleto de excelentes performances, nomeadamente Cecilia Roth que está sublime no papel de Manuela, e Antonia San Juan, a transexual Amparo que expele humor negro em todas as cenas que aparece. Quanto a Marisa Paredes (Huma) e Penélope Cruz (Rosa), as duas também estão ímpares nas suas performances, embora a última fique um pouco aquém do esperado para uma actriz com a sua popularidade e valorização internacional.

Assim sendo, Tudo Sobre a Minha Mãe é acima de tudo uma obra essencial e mais do que merecedora dos prémios e elogios recebidos. Um testemunho do bom realizador que é Pedro Almodóvar, e principalmente, um testemunho do excelente cinema que se faz aqui ao lado, na Espanha de nuestros hermanos. Um filme a não perder com certeza.

® Fábio Guerreiro

2 Comments:

At 7:28 da tarde, Blogger André Batista said...

Mesmo a calhar! Acabei de ver este filme! Pronto, pronto.. foi ontem, mas mesmo assim! LOL. Gostei muito do filme, bom trabalho!

 
At 7:11 da tarde, Blogger adriana said...

"Todo Sobre Mi Madre" é o filme que mais gosto entre todos de Almodóvar, pois com muita sutileza encanta o leitor, faz refletir, revela a força, a desenvoltura e a cumplicidade das mulheres. MAGNIFICO, ESTUPENDO!!!

 

Enviar um comentário

<< Home