sexta-feira, julho 07, 2006

A Vila

Título Original:
"The Village" (2004)

Realização:
M. Night Shyamalan

Argumento:
M. Night Shyamalan

Actores:
Bryce Dallas Howard - Ivy Walker
Joaquin Phoenix - Lucius Hunt
Adrien Brody - Noah Percy
William Hurt - Edward Walker


Uma pequena comunidade vive numa vila, isolada do resto do mundo e rodeada por bosques. Nesses bosques existem criaturas que matam qualquer pessoa que invada a floresta. É por essa razão que ninguém ousa abandonar a vila. Apesar de aparentemente viverem em paz, existe um constante medo de serem atacados pelas misteriosas criaturas...

O famoso realizador de Sinais e O Sexto Sentido, o indiano M. Night Shyamalan, traz-nos novamente um filme dentro do mesmo género. Já por diversas vezes o seu estilo foi comparado com o de Alfred Hitchcock e se por um lado, a comparação possa ser exagerada, por outro lado até faz algum sentido. A verdade é que Shymalan consegue transformar uma história simples num filme que prende a atenção do início ao fim, com o seu constante feeling de perigo eminente, sem para isso ter de recorrer a cenas com sangue. Existe, de facto, um grande trabalho a nível argumentativo e de realização.

Igualmente positiva é a fotografia, que aliando-se ao ambiente tipicamente rústico da vila, consegue transmitir sensações de calma, medo, angústia, tristeza e amor nos momentos em que as personagens as sentem. Estas personagens, brilhantemente interpretadas por Adrien Brody, Joaquin Phoenix, William Hurt, Sigourney Weaver e principalmente Bryce Dallas Howard (uma interpretação que seria merecedora de Óscar), também contribuem bastante para nos fazer acreditar que A Vila realmente existe. Os restantes actores não estão perfeitos, mas esforçaram-se.

Quanto á banda sonora, embora seja por vezes um pouco exagerada, é apropriada para este género de drama/thriller. O twist final, ao contrário de outras opiniões, não me surpreendeu. No entanto, pareceu-me bem imaginado e conseguido. O aspecto mais negativo - dos poucos negativos que há - prende-se com a expressão atribuída aos seres que vivem na floresta: "Aqueles de Quem Não Falamos" é um dejá-vu dos livros/filmes do Harry Potter...

A Vila obriga-nos a pensar nos nossos pecados e nas consequências que os mesmos poderão vir a ter no futuro, bem como na verdade das nossas certezas e convicções. A ver!

® Mário Lopes

4 Comments:

At 3:31 da manhã, Anonymous Artur Almeida said...

Embora ache que preciso de rever "O Protegido", sinto que posso afirmar que este "A Vila" é o melhor filme do indiano. Da minha parte, um 9/10 bem merecido pelo talento deste ousado cineasta.

Cumprimentos

 
At 5:58 da tarde, Blogger Criswell said...

Uma obra-prima.

 
At 1:09 da manhã, Blogger Gustavo H.R. said...

Uma experiência desconcertante, um filme maravilhoso. Considero a banda sonora um dos pontos altos da obra; é belamente empregada em conjunto com as imagens.

Cumps.

 
At 7:45 da tarde, Blogger Cataclismo Cerebral said...

Este A Vila é, na minha opinião, uma das críticas mais subtis à administração Bush e à consequente paranóia americana. O medo do outro, a pacatez com que os habitantes da vila aceitam as decisões dos líderes, a política do medo e do isolamento encontram paralelo na actual realidade norte americana. Uma obra fascinante, etérea e profundamente romântica. O melhor filme de M. Night Shyamalan.

Abraço

 

Enviar um comentário

<< Home