sábado, dezembro 02, 2006

A Queda - Hitler e o Fim Do Terceiro Reich

Título Original:
"Der Untergang" (2004)

Realização:
Bernd Eichinger

Argumento:
Bernd Eichinger, Joachim Fest, Melissa Müller & Traudl Junge

Actores:
Bruno Ganz - Adolf Hitler
Alexandra Maria Lara - Traudl Junge
Corinna Harfouch - Magda Goebbels
Ulrich Matthes - Joseph Goebbels


A Queda - Hitler e o Fim Do Terceiro Reich baseia-se nas memórias de Traudl Junge, última secretária de Hitler e conta-nos como foram os últimos 12 dias de vida do ditador e do III Reich germânico, entre 20 de Abril, o último aniversário de Hitler, e dia 2 de Maio de 1945, quando o exército soviético encontrou o Führer morto no seu bunker.

De facto, parecia um filme interessante, mais não seja por ser um filme alemão a falar de Hitler (o que não há muitos, pois compreende-se que lhes seja difícil abordar esta questão...) e por ter sido nomeado para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, tendo perdido para o excelente Mar Adentro. Poderia ter-se tornado um clássico de guerra, como O Pianista ou O Resgate do Soldado Ryan e na minha opinião, quase que o conseguiu...

Não que o filme seja mau...longe disso! Aqui vemos um Hitler que talvez alguns desconhecessem: um Hitler na intimidade, mais humano, sentimental, no fundo um líder que conduziu toda uma Alemanha para a derrocada. Segundo alguns livros, Hitler até era assim na intimidade e com as pessoas que conhecia...diz-se que até comia á mesa com os seus empregados. E Bruno Ganz conseguiu provavelmente o papel da sua carreira com este filme, pois fazer de Hitler não é fácil, mas ele conseguiu e bem! A Queda quase que nos deixa com pena dele!

Quanto aos outros personagens, na minha opinião estiveram todos muito bem nomeadamente Traudl Junge, a secretária do ditador (Alexandra Maria Lara) e Eva Braun (Juliane Köhler) que tinham interpretações responsáveis e conseguiram cumpri-las.

Do filme em si, pode-se referir que durante a sua projecção sente-se um pouco de incómodo/claustrofobia por se saber que grande parte de Der Untergang se passa debaixo do chão e dentro de um bunker onde tudo é apertado e as divisões são muito pequenas. Tive a oportunidade de ver o Making Of do filme e apercebi-me de que isto era de facto intencional...

Mas onde realmente o filme falha é na repetição de algumas cenas (nomeadamente aquela dos ministros reunidos numa sala a discutir o futuro em frente a um mapa e nas cenas das amputações) e na realização, pois acho que a câmara por vezes treme demais...

Concluindo, pode-se dizer que vale a pena dar uma espreitadela Á Queda para ficar a conhecer o outro lado da guerra (pois filmes do lado dos Aliados já existem muitos), bem como conhecer o Hitler por detrás dos seus discursos e nos seus últimos dias de vida...

® Mário Lopes

2 Comments:

At 12:53 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Concordo. O filme torna-se um bocado redundante, especialmente no terceiro ato. Fora isso, é bastante valioso.

 
At 10:43 da tarde, Anonymous Armindo Teixeira said...

Sempre gostei do tema da segunda guerra mundial. Mas, este filme por mais que não gostem é excepcional. Se Hitler não estivesse morto diria que Bruno Ganz era o proprio Adolf. Um filme a não perder, para nos apercebermos da insanidade da epoca.

 

Publicar um comentário

<< Home